Crianças e Adolescentes

“Não existe revelação mais nítida da alma de uma sociedade do que a forma como esta trata suas crianças”.

-Nelson Mandela

Criança e Adolescente é Prioridade Absoluta! Assim garante a Constituição Federal de 88 e o Estatuto da Criança e do Adolescente.  No entanto, quando se observa a execução de políticas públicas e projetos sociais não se percebe a efetivação desse princípio. Ainda há desafios a serem superados, que vão do diagnóstico, planejamento, execução, controle social de políticas públicas à qualidade das proposições alinhadas com as características do desenvolvimento de crianças e adolescentes.

É importante propor ações condizentes com as demandas sociais do local e alinhadas com as prerrogativas da legislação, considerando tanto as deficiências quanto as potencialidades. Defendemos a necessidade de um olhar integrado, uma vez que a política infanto-juvenil exige atuação multidisciplinar. Abaixo, descrevemos duas áreas de atuação do IDC em prol da promoção, proteção e garantia dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

Estruturação de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes

  • Consultoria às prefeituras municipais na área de políticas públicas para crianças e adolescentes, com apoio na estruturação de projetos e rede de atendimento;
  • Capacitação de Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente e Conselhos Tutelares;
  • Elaboração de planos decenais dos Direitos da Criança e do Adolescente;
  • Elaboração da campanha de captação de recursos para o FMDCA e suporte para acompanhamento à distância por seis meses.
  • Ressalta-se que os serviços acima poderão ser realizados conjuntamente (pacote completo) ou separados (interesse específico em apenas uma ação de planejamento), conforme cada realidade e necessidade do cliente.

Fomento ao autoconhecimento e Protagonismo Juvenil

O Projeto Trilhando Caminhos tem foco no autoconhecimento e protagonismo juvenil, provoca no adolescente um olhar maduro sobre o momento presente e o futuro, atentando para as potencialidades e aprendizagens necessárias para a concretização de seus sonhos. Há um estímulo para o reconhecimento e a gestão positiva das emoções, em prol do desenvolvimento de habilidades emocionais e sociais.

No contexto da participação social, incentiva-se que a voz do adolescente seja ouvida e considerada, significando uma oportunidade de praticar a cidadania plena, com consciência de deveres e direitos. O projeto tem um forte conteúdo voltado ao desenvolvimento das lideranças juvenis, para que estas estejam preparadas a ocupar espaços sociais e políticos.