Direito dos Idosos

“12,5% da população brasileira tem mais de 60 anos. Em 2050 esse índice vai ultrapassar os 30%”.

-Alexandre Kalache

No viés de atuação com a Terceira Idade, o IDC poderá assessorar o Poder Público e a iniciativa privada com projetos na área dos Direitos Humanos do Idoso. As pesquisas apontam que o aumento da expectativa de vida é uma realidade mundial e o Brasil encontra-se entre os países com maiores índices de envelhecimento da população, sendo necessário o planejamento para garantir a efetividade do Estatuto do Idoso e o “envelhecimento ativo”.

O idoso é considerado pela legislação como prioridade, no entanto, nota-se que essa prerrogativa não acontece sequer no momento do planejamento público. Nesse sentido, a atuação do IDC visa contribuir com planejamento e execução de projetos que ajudem a promover a qualidade de vida dessa grande parcela da população. Os projetos são focados no incentivo à convivência e debate intergeracional, saúde, produções culturais, alimentação, sexualidade, lazer, entre outros temas de acordo com os indicadores locais.