Cultura da Mediação na Escola

Apresentação

O projeto Cultura da Mediação na Escola se propõe a desenvolver ações educativas pautadas nos princípios da Comunicação não Violenta (CNV), como estratégia para fortalecimento do respeito, tolerância, valores, redução da violência na escola, convivência pacífica, comunicação qualificada e exercício da cidadania. Desenvolve oficinas para construção dos conceitos com educadores e demais envolvidos no processo educacional na comunidade escolar, para que estes experimentem as técnicas aprendidas e repassem os conhecimentos para os educandos, validando-os na vivência cotidiana. O projeto encontra sinergia com metas globais a exemplo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), adotados por 193 estados membros da ONU.

 

O Instituto Direito e Cidadania implantou a metodologia como projeto piloto no Colégio Professor Edivaldo Machado Boaventura, instituição da rede pública de ensino fundamental do município de Presidente Tancredo Neves, no ano de 2016, tendo como parceiros o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e da Secretaria Municipal de Educação. Até então o projeto beneficiou diretamente o total de 670 crianças e adolescentes, e 487 pessoas foram indiretamente contempladas com suas ações.

 

 

Com o projeto, busca-se influenciar as novas gerações a aprenderem formas de gerir seus conflitos, contribuindo para a disseminação da cultura da paz e a diminuição dos índices de violência na escola, bem como na sociedade em geral. Como consequência da proposta, os estudantes influenciarão os ambientes onde estão inseridos a utilizarem o diálogo como uma ferramenta indispensável à boa convivência humana, desde sua família até os espaços onde exercem influência.


Resultados

Período 2016 a 2018:

  • Realização de 347 oficinas socioeducativas;
  • Realização de 03 Workshops;
  • Realização de 03 Seminários;
  • Estudantes apreendem habilidades sociais por meio das temáticas trabalhadas nas oficinas socioeducativas: comunicação, autocontrole, empatia, Comunicação não Violenta e Mediação de Conflitos.
  • Professores relatam a importância de trabalhar temáticas voltadas ao desenvolvimento humano e Mediação de Conflitos.